ABC do Franchising

 

Franchising

Sistema de negócio no qual uma empresa com sucesso comprovado, detentora de um know how próprio e de uma marca registada (Franchisador), concede a outra empresa ou empresário (Franchisado) o direito de utilizar a sua imagem e explorar os seus produtos e/ou serviços, recebendo por isso contrapartidas financeiras.

Area Developer

Empresa que compra os direitos de uma marca para a explorar directamente numa região, mas que o faz exclusivamente através da abertura das suas próprias lojas, sem subfranchisar a terceiros.

Contrato de Franchising (Franchise Agreement)

Documento legal, em que o franchisador e o franchisado definem as regras da sua relação, assim como os respectivos direitos e deveres. No contrato de franchising deve incluir-se toda a informação relativa ao território exclusivo de cada franchisado, duração do contrato, condições da sua renovação, formação, condições financeiras, etc.

Direito de Entrada

Montante que o franchisado paga ao franchisador no momento da adesão à rede. Geralmente, o valor é pago no acto da assinatura do contrato de franchising. Esta quantia pretende cobrir os custos que o franchisador suportou no desenvolvimento da marca, bem como no apoio e formação do franchisado até à abertura da loja.

Franchisado

Empresa ou empresário que adquire do franchisador o direito a explorar a marca deste num determinado local e aí comercializar os respectivos produtos e/ou serviços, beneficiando do know how acumulado e das sinergias da rede, nos termos previstos contratualmente pelas partes.

Franchisador

Empresa que transfere para terceiros o direito a explorar a sua marca e a utilizar os seus métodos de gestão, mediante condições estipuladas em contrato de franchising.

Investimento inicial

Valor que resulta da soma do direito de entrada ao montante necessário para iniciar a actividade (obras, decoração, mobiliário, equipamentos informáticos, etc.) No investimento inicial nunca está incluído o valor do imóvel (compra ou arrendamento) nem o fundo de maneio necessário para o arranque da actividade.

Know-how

Expressão de língua inglesa que significa “saber-fazer”. Engloba todos os sistemas, métodos e conhecimentos específicos que são propriedade do franchisador e que compõem a identidade do negócio.

Loja própria

Unidade detida pelo franchisador, que pode ser utilizada na formação de franchisados, ou em testes de novos produtos e/ou serviços, antes de estes serem introduzidos nas restantes lojas da rede. Quando se trata da primeira unidade num determinado território, recebe o nome de loja-piloto.

Marca

Nome comercial pelo qual o negócio do franchisador é conhecido e que o franchisado tem autorização para utilizar, nos termos previstos pelo Contrato de Franchising.

Master Franchisado

Empresa detentora de direitos para explorar uma certa região (normalmente, um país) e aí poder subfranchisar terceiros, assumindo deste modo um papel de franchisador. Em compensação pelo seu trabalho, recebe uma parte dos proveitos da rede (percentagem dos direitos de entrada e royalties) na região ou país a seu cargo.

Royalties

Montante que o franchisado paga todos os meses (ou com outra periodicidade acordada) ao franchisador pelo uso continuado da marca. Pode ser um valor fixo ou variável.

Taxa de Publicidade

Montante que os franchisados pagam mensalmente (ou com outra periodicidade acordada) para um fundo comum, gerido pelo franchisador, com vista à promoção da marca.

Território exclusivo

Área geográfica atribuída contratualmente ao franchisado, com a garantia de que o franchisador se compromete a não implantar nessa região outras unidades da mesma marca.