Decisões e Soluções cresceu 135% no primeiro trimestre

Paulo Abrantes - Diretor Geral Decisões e SoluçõesPaulo Abrantes – Director Geral da Decisões e Soluções

A Decisões e Soluções anunciou um crescimento de 135% no primeiro trimestre deste ano. São os melhores resultados de sempre para a marca portuguesa.

“A área imobiliária, que abrange a mediação imobiliária, mediação de obras e construção de imóveis, registou um crescimento na facturação de 135%, face ao mesmo período de 2015”, começa por adiantar num comunicado.

No caso da mediação de obras, o valor médio de cada obra adjudicada foi de 25.100 euros e no caso da construção foi de 164.000 euros. A  carteira da mediação de seguros ultrapassou os seis milhões de euros.

Dentro deste período, Janeiro foi o melhor mês, tendo em conta a facturação e o montante total de comissões pagas a toda a sua rede de agentes.

Paulo Abrantes, diretor-geral da Decisões e Soluções, está orgulhoso destes resultados: “Já temos agências a ultrapassarem a barreira dos 100.000 euros de facturação mensal e acredito que muito em breve vamos ter agências a atingirem patamares de facturação na ordem de um milhão de euros por ano.”

A marca está empenhada em transformar 2016 no  melhor ano de sempre e pretende continuar a crescer em facturação mas também no seu número de agentes, agências e colaboradores.

Nesta notícia:

Logótipo Decisões e Soluções