Portugal cria emprego pelo segundo trimestre consecutivo

emprego_portugalO emprego em Portugal cresceu 1,2% entre Julho e Setembro, em relação aos três meses anteriores, a taxa mais elevada da União Europeia. Foi, assim, o segundo trimestre consecutivo de criação de emprego, quando comparado com o trimestre anterior. Entre Abril e Junho este aumento tinha sido de 0,8%.

Esta taxa de crescimento do emprego no terceiro trimestre em relação ao trimestre anterior foi a mais elevada da União Europeia, entre os países para os quais já há dados disponíveis. Só na Irlanda se registou um valor comparável, com 1,1%.

Contudo, em termos homólogos, isto é, face ao mesmo período do ano anterior, o emprego continuou a encolher em Portugal no terceiro trimestre, diminuindo 2,4%. No segundo trimestre a redução tinha sido de 4% e no primeiro trimestre de 5,2%.