Jani-King, 3 modelos de negócio

A Jani-King tem reformulado e adaptado o seu conceito para o mercado português. A marca líder no sector das limpezas comerciais lançou 3 pacotes com 3 níveis diferentes de investimento.

Os três pacotes estão divididos por “Micro, Médio e Plus”, sendo que o Micro é o indicado para quem procura um negócio para autoemprego. Os franchisados podem entrar com um investimento mínimo de 3000€, sendo que a marca permite a divisão de 70% do valor em 36 mensalidades. Desta forma o franchisado pode iniciar o seu negócio com apenas 900€, sendo-lhe na mesma garantida “uma facturação mensal e contratos realizados com clientes por um ano.”

No pacote “Médio”, o franchisado ocupa grande parte do seu tempo como supervisor do negócio, delegando as tarefas de limpeza a funcionários, mas dando apoio sempre que necessário. Neste caso o valor de investimento mínimo é de 10800€ e é garantida pelo Master “uma faturação média mensal de até 5000 euros e ROI em até 12 meses. Também há a oferta de uma carteira de clientes, com contrato assinado de 12 meses com possibilidade de renovação.”

“Plus” é o pacote com nível de investimento mais elevado, 21750€, com “ROI em até 24 meses e uma Facturação média mensal de até 25000 euros. Para este tipo de investimento, o Franchisado ocupará o seu tempo como gerente operacional do seu negócio, supervisionando o serviço executado pelos seus funcionários.”

Em todos os pacotes de investimento, a Jani-King garante “Formação, Carteira de Clientes, Apoio Operacional, Protecção de Tesouraria e entre outros, Material de Marketing e Gestão de Fornecedores.”

A Jani-King é líder mundial no sector das limpezas comerciais e tem uma rede de mais de 10 mil franchisados  em todo o mundo. Em Portugal procura franchisados para as mais diversas localidades do País, sobretudo na zona da Grande Lisboa.

Nesta notícia: