Dolce Vita cria bolsa de empreendedores

Os centros comerciais Dolce Vita, através do projecto Business Care, estão a criar uma bolsa de empreendedores para franchising. O objectivo é apoiar a expansão das marcas que se queiram associar abrindo unidades nos seus centros comerciais.

O Business Care foi apresentado no Dolce Vita Tejo e é “o contributo dos centros comerciais Dolce Vita para promover o desenvolvimento de novos negócios no mercado nacional”, afirma Javier Catena, diretor-geral da Chamartín Imobiliária, que acredita ainda que “este é um sinal positivo” com o objectivo de “mostrar que é possível concretizar e criar”.

O projecto criará uma bolsa de pessoas e empresas interessadas em abrir o seu próprio negócio em regime de franchising ou conceito próprio nos centros comerciais Dolce Vita, bem como de operadores nacionais e internacionais que pretendem abrir lojas em Portugal com franchisados. Depois da candidatura, os interessados terão “aconselhamento gratuito, coaching especializado e todo o apoio necessário à constituição de jovens empresas, assim como condições especiais para a abertura de lojas e iniciarem actividade em edifícios de escritórios da Chamartín Imobiliária.”

O Business Care conta ainda com o apoio de várias associações de empresários e já tem ainda algumas redes de franchising associadas, caso da Llao Llao e Carlin.